13 fevereiro 2015

Tag - Minha história em 10 músicas

Oi gente linda! Viram como essa semana já estou mais disciplinada com posts quase todos os dias da semana? É só questão de pegar o jeito! Hoje o post é bem diferente do que costumo escrever por aqui. A querida Lydia, do blog Arte à Porter, me convidou no começo da semana pra responder uma tag, sobre 10 músicas que marcaram minha vida. Bom, não foi nada fácil montar essa seleção, mas o que eu não faço por esse bloguito né? Então, vamos à playlist: 

1. Uma música que te lembre um momento bom
22, Taylor Swift
 
Na verdade, não é que ela me lembre apenas um momento bom, mas essa música me enche de felicidade, de uma sensação tão boa, e me faz lembrar de muitos momentos bacanas que já vivi, com meus amigos, amigas, família, nos tempos de escola, etc. 

2. Uma música que defina a sua vida.
Aquela dos trinta, Sandy

Essa é dificil, até porque na minha opinião, quem se define, se limita. Cada fase da vida da gente é diferente, e por isso, tem uma trilha sonora diferente. Já tive muitos momentos, e agora, mesmo na beirinha dos 30 anos, (já faço 27) ainda me sinto um pouco adolescente às vezes, e tudo isso é muito confuso pra mim, hahaha. Então escolhi uma música que me define, hoje.

3. Uma música que te faz dançar na balada
Get it right, Jennifer Lopez.

 Na verdade não sou uma pessoa de baladas, embora eu ame dançar. Dancei muitos anos em grupos de escola e tal, e foi uma paixão que ficou. Tenho muita memória afetiva de músicas dos anos 2000, então qualquer música mais eletrônica ou dance da época tem esse efeito sobre mim. Onde quer que eu esteja, seja  no consultório do dentista ou no meio de uma loja, quando escuto essa música eu saio dançando.


4. Uma música que foi tema de algum relacionamento
A tu lado, RBD
 
Um relacionamento de verdade, que possa ser chamado assim, eu só tive um, com meu marido. Estamos juntoshá quase dez anos e boy, it's a lot of time. Claro que escolhi a nossa música, do tempo em que começamos a namorar, e que foi a mensagem do nosso convite de casamento e também a nossa dança de noivos. 


5. Uma música que sempre te faz chorar
Te puedo escuchar, Anahi
Sou muito má por não ter uma música que me faz chorar? Não ou do tipo chorona com músicas, sou muito pior com filmes e tal. Mas há um tempinho atrás, tinha uma música que me arrancava lágrimas. Não por algum motivo especial sabe? Apenas ela tem uma letra muito triste ao mesmo tempo que uma melodia bonita. E também a Annie tem essa voz rasgada que comove a gente sempre :)

6. Uma música que seria toque do seu celular
Happy, Pharrell Williams
 
Seria não, já é! Porque gente, tem muúsica mais feliz que essa? Ao contrário de muita gente no mundo, não enjoei e nem vou enjoar dessa canção só da versão do Cirilo do SBT. A mensagem dela é linda bate palma junto se felicidade é a sua verdade! e na boa, não dá pra ficar com raiva nem do despertador acordando com uma música tão legal!


7. Uma música que você gostaria de tatuar
Lei it go, Demi Lovato
 
Tá eu sei. Eu sou uma maluca por Disney. E por mais que uns digam que essa coisa de  Lei it Go é bem clichê, eu vejo todo um outro significado nos versos cantados pela  nossa amada princesa gelada. 

Let it go, let it go
Turn my back and slam the door

Sofri muito tempo da minha vida por não saber deixar pra lá, esquecer, perdoar,sabe? Sempre tive o defeito de remoer as coisas, conviver com gente que não e faz bem, e ter amizades duvidosas. com o tmepo, aprendi a deixar pra lá, e minha vida começou a mudar tanto (pra melhor) que Let it go se tornou quase que um mantra na minha vida.

8. Uma música que te deixa com vontade de ficar com alguém 

Gente, que difícil essa! Não tenho turn on em músicas, pode pular? Sou muito mais de momentos, enfim... Não sei como responder essa aqui!

9. Uma música que você está viciada agora
Style, Taylor Swift

Estou viciada em todo o álbum 1989, já tem mais tempo do que deveria. Mas vício é vício e vamos aproveitar que hoje saiu o video oficial da música que no final eu não curti que eu estou mais viciada  do novo álbum da Tay. 

10. Uma música que faz as pessoas lembrarem de você 
Toxic, Britney Spears
Essa foi fácil! Só perguntar pra galera, hahaha. Na verdade não foi tão fácil assim, as pessoas não conseguiam pensar em música nenhuma e no final duas amigas minhas que disseram que sempre que ouvem essa música, lembram de mim. Fico mó feliz, porque é uma das minhas músicas favoritas de todos os tempos, yay! E eu também dançava ess ana escola, ô saudade!


12 fevereiro 2015

Livro: Como ser uma parisiense em qualquer lugar do mundo

Oiê! Hoje tem dica de livro no bloguito! Faz um tempo que eu vi no instagram da Taciele Alcolea um livro que me chamou muita atenção na capa: Era predominantemente branca e tinha uma diagramação simples e bonita. O título, fazia desejar a obra na hora: Como ser uma parisiense em qualquer lugar do mundo. Bom, quem aí não quer ser como as parisienses? Ter pelo menos um pouquinho daquele Je ne sais quo que só elas têm? Não achei na minha cidade na época, e ainda tava na vibe cartão de crédito zero, então não comprei pela internet. Um dia, perto do Natal, mostrei pro marido na livraria e ele acabou me dando de presente. 
O livro é bem bacana, tem aquele tom de manual tão comum em livros destinados à garotas, e uma diagramação bem bonita. Fácil de ler, (li em uma manhã na fila pra fazer meu RG) gostoso e bem humorado, o livro traz dicas bem práticas, algumas até demais, de como agir da mesma forma que as parisienses nas mais diversas situações do dia-a-dia, como em um jantar, em uma loja, no ônibus, na praça, etc.

 Misturado às dicas, o livro traz narrações de momentos da vidas das autoras, alguns bem comuns até, e faz você se identificar com as histórias do livro. Algumas pessoas podem achar as autoras um tanto quanto blasées, mas afinal, estamos falando de francesas ensinando pessoas a serem como elas. É um bom motivo para elevar (até demais) a auto-estima certo? E segundo as autoras, esse toque de arrogância é, de certa forma, uma característica da parisiense. Sendo assim, tá perdoado né meninas?
Além disso, o livro conta com receitinhas típicas parisienses, dicas de lugares para visitar, lojas, entre outras coisas. Achei de fato encantador, ao mesmo tempo em que bastante irônico, o livro. Pra se distrair numa manhã meio cinza, ou naquela tarde sozinha em casa, é a companhia perfeita!
 Quem se interessou, pode cotar o preço do livro em diversas lojas online, clicando aqui. 






10 fevereiro 2015

Look do dia: Saia flare e t-shirt rocker

 Oi geente! Como vocês estão? Por aqui tá tudo velho, nada de novo! O calor está insuportável e tá quase impossível sair de casa com a minha pressão super mega baixa. Ontem a temperatura era de 35ºC e sensação de 38. Tava pra morrer, hahaha. Daí não tenho tido muito ânimo pra post, tenho trocado o dia pela noite, e fotos à noite realmente não ficam boas. 
Mas fim de semana a gente sempre tem que dar uma variada né? Sai, passear, e o clima estava agradável, com direito a um ventinho gostoso, e arrastei o marido pra Feira do Livro comigo, não aguentava mais essa vida de cama, climatizador e televisão!
 Aproveitei pra vestir um look confortável, afinal, quem me acompanha sabe que não gosto de montação no dia-a-dia e as sapatilhas são minhas melhores amigas. As peças do looks foram um achado daqueles incríveis! As duas peças são da Marisa, e as duas custaram menos de 20 reais cada! A blusinha eu bati o olho e adorei, estava na seção infantil por R$25,90 e quando passei no caixa saiu por R$9,90. A sainha também foi amor à primeira vista e paguei R$19,90.
Sempre gosto de compartilhar com vocês esses looks bem "usáveis" porque acredito que ninguém anda montada por aí o tempo todo, rs. E também, porque são os looks que gosto de ver pela web afora. Nunca fico me arrumando especialmente pra foto de look. Espero que vocês tenham gostado! 
 Saia, blusa e óculos: Marisa; Sapatilha: Bottero; Copo: Renner; Bolsa: camelô.

26 janeiro 2015

Projeto 403: Meus cantinhos favoritos do apê


Oi gente linda! Então, de tempos em tempos eu dou uma passada por aqui falando sobre como está indo o apêzim. Aos pouquinhos, vou conseguindo fazer uma coisinha aqui, outra ali, (sim fazer! não pagamos ninguém ora fazer na da aqui em casa! Tudo feito com as nossas mãos, com muito carinho!) e a casinha vai ficando com a nossa cara. 
Já tivemos muito progresso na sala, estamos andando com o quarto e a cozinha e o banheiro tão precisando de um carinho, mas vez ou outra, sempre tem um cantinho, cantinho mesmo, que a gente olha e se enche de amor! Hoje vou mostrar esses cantinhos pra vocês! Quem sabe daqui a um mês ou outro sai o tão prometido tour pelo apê...
minion e flores no banheiro
Meu super duper cute minion que enfeita meu banheiro. Já fiz um post mostrando o meu banheiro, só clicar aqui.
Flores e luminária na sala
Como moro em apartamento, não gosto de ter flores naturais em casa. Mas essas flores artificiais são super cute e ficam um amor junto com  lanterninha.
Criado mudo
Esse é o criado que fica do lado da cama do Fabinho. Adoro como as flores contrastam com a agenda em capa de couro e o óculos (ou o vidro de perfume) masculinos. Sempre me faz sorrir.

Cantinho que eu amo
Esse cantinho fica a lado da porta de entrada, é onde a gente deixa óculos, carteiras, etc. quando chega em casa. Esse prato em forma de folha eu pintei de branco e a mesinha também é um mimo. E claro, mais flores artificiais.


E é só meninas! Que cantinho da sua casa/quarto faz você feliz? Quero saber! Beijinhos e até o próximo!

21 janeiro 2015

Wishlist: Fashion Books


Oi gente linda! Se tem uma coisa que eu amo na vida é ler. Adoro ler, e tenho um gosto meio chato pra leitura. Não curto muito livros muito melados nem romances muito adolescentes sabe? Gosto de livros mais bem humorados e que fazem a gente viajar um pouco. Ou então, minha paixão maior: livros relacionados a moda e beleza. A maioria dos meus livros são sobre esse assunto, e não me canso de ler e reler todos eles, em busca de inspiração e de informações.
Todos os livros que leio acabam virando post pra cá pro blog, porque acho que a maioria dos blogs de moda não fala muito sobre livros, e os blogs de livros não falam muito sobre moda e beleza, haah. É um nicho meio perdido, por isso tento dar minha contribuição. 
Hoje, venho dividir co vocês minha wishlist: livrinhos que eu estou querendo comprar e que futuramente vão pintar aqui no blog. Quem sabe você não se inspira e encontra sua próxima leitura? 
1 e 2: Beauty e Style, da Lauren Conrad. Não é de hoje que estou querendo comprar esses queridinhos. Amo demais o estilo da Lauren e ela já foi assunto de post mais de uma vez aqui no blog. Os livros são manuais, onde LC divide suas dicas de moda e beleza com a gente, muito bem diagramados e lindos de viver. Além de terem bom conteúdo, ficam lindos na prateleira ou na mesa de centro.

3. Make Up, da Michele Phan. Todo mundo que adora maquiagem conhece a linda Michele Phan. Estrela do Youtube, ela lançou um livro há pouco tempo um livro com muitas dicas de make, do tipo que valem ouro! Além de ser lindo, o livro tem muitos toques e dicas preciosos pra quem gosta de maquiagem e quer fazer sucesso no youtube. Eu, particularmente estou a recém começando a me interessar mais pelo mundo das makes, e acho que o livro vai me ajudar bastante nisso. (em inglês)

4. Style Yourself, de Sion & Schuster. Esse não é novidade, já até falei dele anteriormente aqui no blog, e coloquei um preview pra download. O livro reúne dicas de blogueiras de moda do mundo todo pra ajudar você na hora de montar seu look do dia e descobrir seu estilo. (em inglês)

5. What I wore today, de Gemma Correll. A ideia central do livro começou como um grupo do Flickr, onde Gemma desenhava seus looks do dia, por acreditar não ser uma pessoa fotogênica. A ideia deu tão certo, que se tornou um livro! What I wore today vem com dicas do que usar em casa estação do ano, seguida de páginas em branco, onde você pode desenhar seus looks, sejam eles ideias de looks ou a representação do que você está vestindo. É um exercício de criatividade incrível, além do livro ser cheio de ilustrações fofas. E não se preocupe: o livro já vem com o traçado do corpinho, então você só precisa desenhar o look mesmo. O livro é em inglês, mas é super intuitivo e mesmo quem não entende a  língua vai amar! 

6. Q&A a day. Esse não é um fashion book, mas sim um journal. Esse tipo de diário está super na moda, e com certeza tem sido o mais comentado na blogosfera nos últimos meses. Se trata de um livrinho, onde você encontra uma pergunta pra cada dia da semana. A ideia é como de um diário, mas ao invés de escrever "querido diário, hoje comi cem quilos de brigadeiro" e ter aquilo escrito pra  morrer de culpa pra sempre, você responde uma pergunta aleatória. E sem falar que a capa é linda! Existem também versões pra casal, e com até 5 anos de perguntinhas. (em inglês)

7. Glamour, de Diana Vreeland. Diana V. é uma lenda da moda internacional. Na década de 80, ela decidiu reunir diversos recortes, fotografias, anotações pessoais que a ajudassem a definir o conceito de glamour. A compilação feita por ela ficou tão indescritivelmente perfeita que se tornou livro, que é um super sucesso no mundo da moda desde seu lançamento. Recentemente a obra de 208 páginas conta com nova edição com prefácio de ninguém menos que Marc Jacobs. nem preciso dizer que estou morrendo pra comprar né? 

8. So Audrey, de Cindy De La Hoz. Livro muito fofo, do tipo amor mesmo, pra quem é fã ou adora o estilo de Audrey Hepburn. O livro traz 59 conselhos e dicas de moda, beleza e comportamento, inspirados nos próprios hábitos da atriz para a leitora poder incluir um pouco do jeito Audrey de ser na sua vida. As fotos do livro são lindas, e qualquer fã da atriz vai amar esse livro! (em inglês)

9. Moda Vintage, de Jo Barnfield. De longe o que estou querendo mais da lista toda! Moda vintage é um livro prático pra quem gosta do estilo retrô e quer colocá-lo em prática no seu guarda-roupa. O livro traz dicas de como misturar peças atuais com peças vintage, e tem mais um plus: um manual ensinando a fazer várias peças vintage, e um CD-Rom com moldes das roupas pra você imprimir e fazer em casa. Quem tá querendo aprender a costurar, ou já se aventura na costura como eu, esse livro é um super achado! é lindo e é todo em português, muito amor! 


20 janeiro 2015

Minha (mini) coleção de óculos!

Oi gente! Quem aí também tem uma mania de colecionar algum item de vestuário? Além de sapatos, claro, porque sapatos são tipo um vício feminino. Já tive uma fase de comprar muitas bolsas, já tive a fase dos tênis All Star, já tive a fase das Melissas. Todas na adolescência e nunca nada muito exagerado, afinal, quem controlava os meus gastos era minha mãe e ela nunca deixou essas febres durarem muito. 
Mas o fato é que quando a gente cresce e ganha nosso próprio dinheiro e pode comprar quantas coisas supérfluas quisermos sem dar satisfação a ninguém, esses vícios podem reaparecer. E desde que o orçamento aqui em casa deu uma folga, tenho prestado muita atenção em um item em especial: os amados óculos escuros. Tudo começou com um modelo estilo Wayfarer preto que eu namorei muito muito muito, comprei, amei, usei, reusei e quebrei. Levantei as mãos pro céu por não ter grana de comprar um original.
Aí tem um fato curioso sobre mim: minha coleção de óculos não aumenta porque eu geralmente os quebro ou perco. Esse ano tive dois modelos que amei muito, muito mesmo. Um, me roubaram na escola em que trabalho, e o outro, quebrou. Os dois eram modelos estilo Clubmaster, um espelhado e o o outro mais redondinho. 
O redondinho que me roubaram
O tal óculos Clubmaster espelhado
Uma foto publicada por Tamy B �� (@ohtamy) em
Daí a decisão de só comprar óculos baratex, tipo Marisa, Renner, e Chinas. Sei que não é a melhor decisão no quesito proteção solar, mas talvez quando eu tiver uns 40 anos e for uma pessoa mais organizada, eu posso comprar um óculos de mais de 200 reais e não perder ele. Até lá, o teto de 50 reais tá bom pra mim.
Pra brincar de ser fofa, AliExpress

Em vermelho, também do Ali
Gosto de óculos escuros pra dar um upgrade no look, e na minha opinião, às vezes o acessório certo pode salvar um look meio mais ou menos. E saber combinar e dosar também é essencial. Por exemplo, não gosto de usar um vestido mais boho, com um óculos grandão, tipo Dior. Por isso, acho que ter até uns 2 ou 3 modelos é essencial, sabe? Ainda mais pra quem fotografa look. A minha coleção ainda é pequena, e humilde, quase tudo via China, hahaha. 
Degradê e corações da Marisa

Cat eye da Buy in Coins
Aliás, quem quiser comprar óculos da China e baratinhos da internet, eu indico a lojinha Buy in Coins. Já comprei lá algumas vezes e eles sempre vieram super bem embalados em lencinho, saco bolha, papel, isopor e mais saco bolha, pra só depois vir o pacotinho do correio. Gostei bastante, e todos os modelos que curti estavam abaixo de 7 dólares. 
Aviador da Renner
Clubmaster da Buy in Coins
Estou esperando chegar uns redondinhos tipo os da Illesteva, espelhado e preto e estou em busca de um Wayfarer com armação na cor Tortoise. Esse nem me importo de pagar mais caro, é um modelo que eu amo demais. Quando chegarem os redondinhos posto aqui pra vocês, estou curiosa pra ver como ficam em mim! se ficar tipo abelhão eu mostro do mesmo jeito, hahahaha.
O mais antigo, da Renner
Queridinho grandão da Renner 
Por enquanto a coleção não aumenta, eu guardo meus queridinhos em uma caixa tipo livro, flanelada por dentro, enfileirados. um sempre está na minha bolsa, então eles cabem certinho na caixa. Mas assim que chegarem os outros vou ter que encontrar uma  outra solução pra acomodá-los. Ou então comprar outa caixa dessas. Essa foi presente da minha amiga Érica e ficou perfeita!


E vocês, colecionam o que? Me contem tudo nos comentários, e se tiverem dicas de lojinhas boas pra comprar, me contem também! Beijos e até a próxima!